segunda-feira, 25 de julho de 2016

Primeiro treino.

Sob um sol causticante, Alan George iniciou seu trabalho como treinador do Nacional, para o Campeonato Amazonense 2016.

Competição essa que nos garante em todas as competições em 2017, se ganharmos o campeonato e vamos ganhar.

Serão 3 meses de competição e os adversários também preparam-se, no caso o Princesa e o Galo, estes podem ameaçar.

Hoje em seu primeiro treino oficial, treinou técnico e tático e um pouco de físico. Alan está muito confiante em uma grande campanha.

Já os goleiros, Jonathan e Tom, ficaram sob os cuidados de Nailton, que substituiu Iúna, exigiu bastante do dois, Tiago Régis e João Paulo, não treinaram.

Com referência à saída de jogadores, continuam as negociações com os jogadores, até o momento, todos estão treinando normalmente.

Provavelmente, os outros dois goleiros devem sair, afinal são 4 e o clube está reduzindo os custos.
Vamos ver no decorrer da semana os acontecimentos.
Até mais...

domingo, 24 de julho de 2016

Time guerreiro.

Na manhã de segunda-feira 25, Alan George estará dando início a preparação do time para o Campeonato Amazonense 2016, a última competição do ano.

Esperamos que ele e Garanha alcancem êxito nessa competição, tão importante para nós, sim, porque nos garante no calendário de 2017.

O Nacional reuniu hoje à tarde com Alan e Garanha e aparou as arestas para o campeonato, o elenco será reduzido até que fique na quantidade ideal para a competição.

O Clube está ciente de que não pode mais errar, do contrário adeus acesso ano que vem. Com plantel que temos, dá para fazer frente aos adversários, até porque o time já está treinado, não precisa fazer pré-temporada, apenas manter o que já foi feito, principalmente na parte física.

Temos um mês para ajustar o time, tempo suficiente para que fique em ritmo de competição, daí pra frente é focar na competição, mostrar raça, determinação e gana pra vencer, essa á a vontade do novo treinador, nós aqui da redação e a torcida, estamos confiantes no sucesso do time.
Até mais...

sábado, 23 de julho de 2016

Rivalidade à vista.

O Nacional já pensa na estreia contra o seu maior rival, o Galo Carijó, o único rival a altura do Mais Querido no saudoso Vivaldo Lima.

Portanto, se o nosso rival montar um time competitivo, quem sabe não teremos os dois na final? Seria ótimo, não?

Time nós já temos, basta apenas encaixar as peças em seus devidos lugares e tudo dará certo no final.

Ficaremos com 22 jogadores e provavelmente alguns da base para pegar experiência, conversamos com o presidente a esse respeito e ele ficou de resolver. Alan George é favorável ao aproveitamento dos garotos, tem cinco promessas do time de juniores que deverão ficar no clube, desde que o presidente permita.
Até mais...

Naça continua em fase de redução do elenco.



Eliminado na primeira fase da Série D do Brasileiro, no domingo passado, o Nacional começou a reduzir o elenco. De um grupo de 32 jogadores, quatro pediram dispensa nesta semana, após a saída do técnico Vagner Benazzi, demitido na segunda-feira. Os laterais Nego (direito) e Radar (esquerdo), o zagueiro Roberto Dias e o meia Álvaro rescindiram contratos com o Leão da Vila.

Desclassificado em todas as competições nacionais que disputou, a equipe do Naça se prepara para o Campeonato Amazonense deste ano, que começa no dia 20 de agosto. O Estadual é a única competição que sobrou para o Nacional tentar salvar um ano de fracassos em campo e conseguir com um título as vagas para a Copa Verde, Copa do Brasil e Série D.

Atual bicampeão amazonense, o Leão estreia diante do Rio Negro, pelo clássico Rio-Nal, no dia 24 de agosto, na Arena da Amazônia. Mas a Federação Amazonense de Futebol (FAF) poderá antecipar o jogo entre Naça e Galo para o dia 20, para abrir o Estadual e ser transmitido pela televisão.

Apresentação

Na próxima segunda-feira (25), o Nacional fará a reapresentação do elenco e mostrará, oficialmente, a nova comissão técnica. Alan George, que era auxiliar do demitido Vagner Benazzi, já foi confirmado como novo treinador do Leão para o Estadual. Ele será o terceiro comandante da equipe na temporada.

O auxiliar técnico de George será Robson Garanha, ex-atacante com histórico de títulos pelo Naça.

No início desta semana, a diretoria do clube azulino revelou que deve demitir até cinco jogadores do elenco. Com as saídas de Radar, Nego, Roberto Dias e Álvaro, os novos cortes ainda são incógnitas. No atual grupo do Nacional, o zagueiro Vitor, o meia Hugo e o atacante Wanderley seguem no departamento médico.
Fonte: Diário do Amazonas
 

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Na segunda, Alan George estreia no Naça.

Em sua estreia como técnico do Nacional, Alan George não mais poderá contar com o zagueiro Roberto Dias, ele está de saída do Naça, vai para o Nordeste, provavelmente para o River-PI.

Além de Roberto, mais jogadores poderão deixar o Leão da Vila, mesmo que saiam 10 jogadores, mesmo assim, teremos um senhor time para a disputa do Campeonato Amazonense.

Daqui pra frente, teremos que incentivar o time na disputa do campeonato, pois é a única competição que nos resta.

É de suma importância vencer, é o que nos dará chances novamente de disputar a Copa Verde, Copa do Brasil e série D, portanto, temos que focar nessa competição e vence-la custe o que custar.

O Clube está em fase de enxugar o elenco, de uma coisa temos certeza, Tiago, Hylan e Railson, estão dentro e não vão decepcionar.
Até mais...