domingo, 25 de setembro de 2016

Desfalques podem atrapalhar o Naça.

A maré não está pra peixe no Nacional, muitas lesões, podem atrapalhar o desempenho do time.

Para que possa melhorar essa situação, ou o manda buscar os dois craques acreanos que ficaram lá no Acre, ou o time terá que se ajustar com os que aqui estão, que diga-se de passagem, é time pra chegar .

Os adversários não são melhores do que nós tecnicamente, o que pode atrapalhar é a questão do entrosamento, mas, pensando por outro lado.

Como é que os adversarios se entrosam tão rápido, vejam o caso do Rio Negro? Entrosou rapidinho, porque não nós?

É só trabalhar bastante os passes e jogadas que chegaremos lá, time nós temos e bom, nós acreditamos, seria bom ganharmos bem do Nacional Borbense, para fazermos um bom saldo de gols.

O próximo jogo é quarta na Colina, as 20h. Vamos lá.
Até mais...  

sábado, 24 de setembro de 2016

Naça vence Galo e é líder novamente.

O Nacional jogou esta tarde contra o Rio Negro no estádio do Sesi, o jogo valia a liderança para o Leão.

O jogo no primeiro tempo foi parelho, o time do Rio Negro muito diferente daquele do primeiro turno, onde o Naça venceu por 2x0, jogou melhor em alguns momentos.

O Nacional equilibrou, o jogo continuou disputado até o final do primeiro tempo.

Ainda no primeiro tempo, Charles entrou no lugar de Careca contundido.

No segundo tempo Álvaro Miguéis colocou Tiago Verçosa no lugar de Rafael Barros, até então nosso melhor atacante, quebrou o braço e foi direto para o hospital. Também colocou Railson.


Com as mudanças efetuadas, o Nacional deu um salto e Railson mudou a história do jogo, comandou o meio nacionalino armando as jogadas com bons lançamentos, Charles, Cazumba e Tiago completaram a reação, o Naça começou a pressionar o Galo, Railson lançou Cazumba que viu Charles entrando na área e fez um lindo lançamento, este dominou dentro da área, cortou um adversário e mandou um balaço no canto direito de Pablo, 1x0.

Em outra jogada, Railson deixou Tiago Verçosa de frente com o goleiro Pablo e este tocou no canto direito, a bola bateu na trave e saiu, enfim, o jogou foi melhor no segundo tempo. 

O Nacional reassumiu a liderança com 16 pontos com o Fast também com 16 pontos, vice líder, o próximo compromisso do Nacional, será na quarta-feira no estádio da Colina contra o Nacional Borbense.   
Até mais...

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

O time veio incompleto, segundo Álvaro.

polaco-2

A responsabilidade (pela derrota) é toda minha. E a ausência do Polaco (que se lesionou na partida), 

do Eduardo, Alfredo, Leandro e Felipe, estes quatro que não vieram à Manaus devido à faculdade, já é meio time. Sem eles na equipe e mais os jogadores que nunca atuaram conosco, é um estilo de futebol um pouco diferente. Como não há tempo para treinamento, então, deu para analisar e ver que não funcionamos bem”, analisou.

Pensando no que Álvaro disse acima, o time não está realmente completo, é complicado, se os 4 que ele fala eram titulares, mais o Polaco, então o time precisa desses 4 que ficaram lá.

Polaco lesionou o joelho e vai ser operado no Acre, os custos serão pelo Nacional.

Lembrando que o Nacional joga com o Rio Negro neste sábado 24, no estádio do Sesi, vamos lá apoiar nosso Leão rumo à liderança.
Até mais...

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Elenco treina quase completo.

Na tarde desta sexta, o elenco nacionalino treinou quase em sua totalidade, exceto, os dois, Vítor e Hugo, Wanderley já treina com seus companheiros, Polaco está no DM.

De resto, Álvaro poderá utilizar o de melhor contra o Rio Negro, no jogo de sábado no estádio Roberto Cochrane Simonsen, o Sesi.

Para os que jogaram contra o Princesa, treino regenerativo e para os que não jogaram, treino tático e fundamentos.

A partida de sábado, será as 16h e o Mais Querido tem todas as condições de vencer, em virtude das dificuldades que o Galo vive atualmente, mas, deve-se respeitar o adversário, afinal de contas foi e sempre será nosso maior rival.


Vamos ver o que o treinador nacionalino vai mandar a campo, daqui pra frente, teremos que jogar com o time que foi contratado, fazer uso do melhor conjunto e entrosamento, mesmo não podendo contar com o Polaco. Por sorte o lateral esquerdo já treinou hoje...
Até mais...

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Nacional não aguenta o calor e as lombadas e perde.

Amigos.

A coisa foi feia, o Nacional em momento algum se encontrou no jogo.

Talvez pelo estado do piso do gramado, que com suas inúmeras lombadas, tirou o toque de bola do Naça, aliado ao forte calor e a alta temperatura, não é desculpa não. Mas, a verdade é que o Leão não jogou. Ainda perdeu seu maior jogador, polaco, caçado pelos jogadores do Princesa, aos 15 minutos do primeiro tempo. 

O time nacionalino com seus jogadores leves e de toque de bola, estranhou e não conseguiu jogar, o time do Princesa, super acostumado, aproveitou-se e dominou o jogo inteiro.

Aproveitando um dos seus ataques, o time de Manacapuru abriu o placar aos 47 minutos do primeiro tempo através de Pastor, num chute de fora da área no canto direito do goleiro Rafael, que pulou atrasado e a bola morreu no fundo da rede, 1x0.

O segundo tempo não foi diferente, o Nacional continuou igual, assim como o Princesa com maior domínio de jogo e aos 37 do segundo tempo fez 2x0 com Tety aproveitando cruzamento de Lacraia chutando de dentro da área, estava selada a vitória.

Com a vitória do Fast hoje à noite por 3x1 sobre o Galo, na Arena da Amazônia, o Naça perdeu a liderança, no outro jogo da rodada, no estádio da Colina, o São Raimundo venceu o Borbense por 6x2.

O Nacional volta a campo no sábado as 16h no estádio do Sesi, poderá recuperar a liderança se vencer o Rio Negro e o Fast empatar ou perder.
Até mais...